Fotografia de casamento em BH

Fotografia de casamento em BH

Meu nome é Catarina Subotin, e já atuo em várias áreas da fotografia desde 1996,  mas principalmente na Fotografia de casamento em BH e região metropolitana. Tenho formação pedagógica, mas atuei pouco nessa área, porém sempre fui apaixonada por Artes Visuais, tanto que por vários anos trabalhei como artista plástica.

Estou sempre buscando aprimorar minha atuação, por isso pós-graduei-me em Artes Visuais com ênfase em Fotografia, Cinema e Design. A minha equipe e eu registramos cada detalhe de seu evento de forma individualizada, dando a ele a importância que merece.

Eu e minha equipe queremos sempre oferecer um produto final cheio de memórias inesquecíveis capturadas com muita sutileza e profissionalismo. Para nós seu evento é importante como um todo, desde o momento da captura das imagens até à edição final e a entrega do material impresso.

Minha história

A primeira câmera profissional a gente nunca esquece, a minha foi uma analógica Pentax K1000, toda de ferro.

Aos poucos comecei a investir em equipamentos (melhores câmeras, lentes claras, flashes, filtros, rebatedores, cartões de memoria, baterias extras, etc).

Buscamos sempre lapidar nosso olhar através de cursos especializados a fim de apurar e aprimorar nossos conhecimentos. Atuar registrando momentos diversificados e especiais de nossos clientes nos ajuda a crescer e aprender cada vez mais sobre essa arte que é ‘fotografar’.

A fotografia nos permite capturar através de ângulos diferentes o que já parecia incrível, mas de uma maneira toda individualizada. Dessa forma eternizamos imagens que mexem com a imaginação das pessoas.

Ser fotógrafo nos torna minimalistas. Focamos em detalhes, em coisas que passam despercebidas pela maioria, mas que despertam sentimentos e emoções. O fotógrafo vê o mundo de uma maneira particular.

Neste post vou abordar um pouco desse universo maravilhoso da fotografia. Vou começar falando sobre essa arte de escrever com luz e contraste e contar também um pouco da sua história.

História da Fotografia

Conhecer a história da fotografia é essencial. Um bom fotógrafo sabe como a fotografia evoluiu até ser a arte que é hoje. Saber os conceitos históricos ajuda a entender melhor o que de fato é a fotografia.

Esse é um curto resumo para aguçar a curiosidade de vocês:

No tempo de Aristóteles já se utilizava a câmera escura para se obter imagens. Da Vinci só aperfeiçoou mais esse processo. Mas foi só com o desenvolvimento industrial no final do século XVIII, que a ciência desenvolveu mais essa realidade da representação visual, a que foi dado o nome de Fotografia (escrever com luz). A origem da fotografia é bem nebulosa e polêmica e tem haver com múltiplos descobridores que numa mesma época tinham objetivos comuns.

Os registros apontam que a primeira fotografia reconhecida foi tirada pelo francês Joseph Nicéphore Nuépce, em 1826. A imagem foi produzida em uma placa de estanho coberta com um derivado de petróleo. Uma câmera produziu a imagem e foi necessário cerca de oito horas de exposição à luz solar.

Brasil

Esse processo chegou cedo ao Brasil, em 1840, trazido pelo Imperador D. Pedro II, que havia adquirido um daguerreótipo, aparelho patenteado por Daguerre no qual fixava-se imagens através de propriedades físico-químicas. Ao adquiri-lo de forma pioneira tornou-se, o primeiro fotógrafo brasileiro.

Nessa ocasião também houve o pioneirismo de Florence, que chegou ao Brasil em 1824, acompanhando o desenhista da expedição de Langdorff pelo interior do país, e também foi um dos artistas viajantes que tanto desenhou quanto pintou nosso país. Ele fixou-se em São Paulo (São Carlos), onde fez a descoberta isolada da fotografia; a partir de então passou a ser um dos primeiros fotógrafos viajantes que tanto contribuíram para o registro das imagens da nossa terra.

Nesse período, vários fotógrafos fizeram registros fidedígnos de nosso espaço cultural e de nossa cultura. Enquanto os registros dos artistas viajantes em pintura ou desenhos eram apresentados de forma idealizada, esses novos registros permitiam um registro mais real da paisagem local em sua especificidade, destacando melhor tanto a luminosidade, bem como uma variedade de espécies botânicas. Porém, ainda eram obtidas através do processo em Preto e Branco, que por vezes eram colorizadas para passar maior realismo.

Mac Ferrez

Um dos fotógrafos mais conceituados da paisagem brasileira desde a década de 1870 foi Mac Ferrez. Ele era sintonizado com os avanços tecnológicos da época. Adquiriu câmeras da França para atendê-lo no dia-a-dia da profissão. Ele próprio construiu uma pesada câmera para registrar as paisagens panorâmicas do Rio de Janeiro. Também aperfeiçoou um sistema que lhe possibilitava fotografar embarcações com maior facilidade, o que lhe rendeu o título de Fotógrafo da Marinha Imperial Brasileira.

Dentro do ambiente artístico ocorreram diversas discussões acerca do uso da fotografia desde os meados da metade do Século XIX. Nessa época muitos  questionavam se a descoberta da fotografia havia sido útil ou não à pintura; e se o pintor e o retratista conseguiriam continuar cada um em sua área sem prejudicar um ao outro. A classe artística decidiu apoiar os registros fotográficos e a partir daí foi se estabelecendo em nosso país a fotografia.

O que é fotografia?

A fotografia mexe com  os sentimentos, é nosso olhar sobre o mundo e a chance de deter um instante e eternizá-lo.

É a técnica de criar imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível. É a experiência de se preservar para sempre um momento, através de uma uma imagem A invenção da fotografia é um processo de acúmulo de avanços por parte de muitas pessoas, ao longo de muitos anos.

Hoje em dia, a tecnologia digital vêm trazendo melhorias na qualidade das imagens produzidas e recursos cada vez mais sofisticados. Processos de captação, armazenagem, impressão e reprodução de imagem estão se tornando cada vez mais simples, isso devido à facilidade de integração com os recursos de informática.

 

Minha paixão por fotografia

Uma câmera nos permite eternizar ações, momentos, paisagens, sorrisos, lágrimas, felicidades… Atualmente, com a tecnologia tão avançada, uma câmera sabe até reconhecer um sorriso. O que ela não sabe é fazer alguém sorrir!

Um fotógrafo de verdade precisa exercitar a sua arte sempre! Trabalhar com os momentos mais felizes e importantes da vida das pessoas traz grande responsabilidade mas também uma enorme alegria e satisfação.

É um ciclo…

Fotografia de casamento em BH

Registrar momentos de cumplicidade, amor e carinho. Um dia aguardado com grande expectativa. O dia em que duas pessoas se tornam uma só carne e decidem partilhar suas vidas.

foto de casamento em bh

Aliança casamento em BH

Fotografia de casamento em BH noiva

externas Fotografia de casamento em BH 2

banda retrô Fotografia de casamento em BH

Festa de casamento em BH

festa noivos Fotografia de casamento em BH

externas- Fotografia de casamento em BH

externas Fotografia de casamento em BH

decoração festa Fotografia de casamento em BH

Chuva de arroz em BH

cerimônia Fotografia de casamento em BH

por do sol Fotografia de casamento em BH

noivo Fotografia de casamento em BH

Noiva e buquê em BH

making-olhos Fotografia de casamento em BH

making- PeB Fotografia de casamento em BH

making noivo Fotografia de casamento em BH

making- Fotografia de casamento em BH

making 2 Fotografia de casamento em BH

igreja Fotografia de casamento em BH 2

igreja 2 Fotografia de casamento em BH

Fotografia de casamento em BH

pajem e dama - casamento

Fotografia de gestantes

O momento em que descobrimos uma forma diferente de amor. Um amor puro sincero, genuíno e desinteressado. Fotografar gestantes é capturar um dos momentos mais plenos de uma mulher.

Foto gestante em bh

Gestante - fotógrafa de BH

Grávida - fotografia em belo horizonte

casal - grávida fotografia

 

Fotografia de bebês – newborn – e infantis

É emocionante capturar a inocência de um bebê, sua pureza, delicadeza e fragilidade. Conseguimos ver o mundo mais bonito e puro.

Fotografia de newborn em BH

Fotografia de BH de bebês

Newborn em BH

Fotografia infantil em Belo Horizonte

Intanfil estúdio de fotografia em BH

Fotografia de bebê em estúdio

 

Fotografia de 15 anos e books

Fotografar uma nova fase na vida de uma pessoa e de uma família. Poder ver o brilho nos olhos de um adolescente com o coração repleto de sonhos, expectativas, esperanças e amor.

Fotografia 15 anos

Fotografia de Book em BH

 

Fotografia de formatura

Capturar momentos especiais de uma etapa tão importante sendo concluída. Entusiasmo, realização, satisfação!  Uma conquista alcançada.

fotografia formandos bh

Formatura em BH

 

Fotografia de eventos em geral

Somos especializados em capturar com profissionalismo, eficiência e carinho os momentos mais importantes que merecem ser registrados.

 

Como ser um bom fotógrafo?

Um dos principais atributos que um bom fotógrafo precisa ter, sem dúvida, é um olhar apurado. Mas isso precisa estar aliado a outros quesitos não menos importantes. É necessário estabelecer um objetivo, saber onde você quer chegar e como pretende conseguir isso. Para alcançar seu objetivo você precisa traçar planos. É de grande ajuda ter alguém para analisar as suas fotos e emitir uma opinião sincera sobre o seu trabalho.

Outro ponto fundamental é: conheça muito bem seu material de trabalho, incluindo sua câmera. Um bom fotógrafo sabe tudo sobre seu equipamento, incluindo funções internas e tudo mais que sua máquina fotógrafica tem a oferecer. Visite galerias, exposições, palestras, feiras de fotografia, convenções e conferências. Acompanhe o desenvolvimento tecnológico! Veja as tendências e técnicas usadas, isso nos ajuda a ter novas ideias para nossas fotos.

Existem técnicas fotográficas que demandam estudo da teoria e experiência na prática. Técnicas e efeitos tornam as fotografias mais bonitas e profissionais.

Este é um assunto bem amplo então resolvi separar por tópicos as técnicas mais conhecidas e usadas.

Bokeh e Desfoque

O Bokeh é um efeito produzido pelas luzes ou áreas ao fundo da imagem – na maior parte dos casos parecem bolinhas, mas pode-se  conseguir outros formatos quando se coloca na frente da lente alguns filtros. O desfoque deixa um efeito bem impressionante nas fotografias, uma vez que faz com que os assuntos em primeiro plano quase que se descolem do plano de fundo, tornando-se assim, mais nítidos.

Esse efeito é conseguido através de uso de lentes com aberturas grandes, e que possuem números pequenos; é isso mesmo, é inversamente proporcional; quanto maior a abertura da lente, menor o número dela. E o fotógrafo experiente usará as configurações necessárias para obter esse efeito desejado. Segue uma foto onde ocorreram os dois efeitos: Tanto o bokeh quanto o desfoque.

Fotografia em BH

Lens Flare

Distorção do raio de luz ao entrar diretamente na lente, pelas bordas, não exatamente pelo centro. Também chamado ‘Flare’.É usado de propósito a fim de se conseguir um efeito estético na fotografia. Segue também um exemplo:

Fotografia de Gestante em bh

Enquadramento

O enquadramento de uma fotografia é vital, e um bom enquadramento dará à fotografia uma sensação de infinito. Para alcançar uma nova perspetiva pegue um detalhe da fotografia e enquadre esse detalhe, dessa forma você terá uma nova fotografia.

Golden Hour

Causa um efeito dramático interessante, perfeitos para fotografias de retrato ao ar livre! A angulação do sol favorece a estética da fotografia. A iluminação está diretamente nos elementos da foto em um ângulo de frente, e não muito inclinado.

Strobist

O termo Strobist na fotografia deriva-se do sobrenome de seu idealizador. Fotografar com método Strobist nada mais é do que usar o flash ou flashes fora da câmera (off camera). Para conseguir isso o fotógrafo precisa fazer a comunicação entre a câmera e o(s) flash(es) via: infravermelho, rádioflash, ou fotocélula.

As fotos feitas com esse método são bem interessantes pois deixam tanto o rosto dos fotografados em primeiro plano claros e nítidos bem como o plano de fundo também; sem que nenhum dos dois fiquem sub expostos. Também podemos direcionar a luz para a posição e direção que desejamos.

Fotografar usando Strobist significa sair da zona de conforto para o fotógrafo, pois é muito mais fácil usar o flash na sapata da câmera do que fora dela, usando a criatividade. Segue uma foto em que esse método foi usado:

Externas TG (126)

Fotos bem focadas

Não existe método automático perfeito para se fazer o ‘foco’; mas ele pode ser conseguido de forma precisa manualmente, é só ir girando o anel de foco até ele ficar onde você quer, em algumas situações fazer o foco manual é muito interessante. O segredo? É preciso praticar para pegar o jeito. Então treine, treine e treine!!! No modo automático é necessário técnica por parte do fotógrafo para que ele consiga focar nos assuntos que deseja, escolhendo somente um ponto ou uma pequena área, e assim informar para a câmera onde ela deve focar.

Esse quesito é fundamental, pois embora o cliente não o perceba facilmente nos arquivos digitais, perceberá com certeza quando as fotos forem ampliadas ao serem impressas para o álbum. É claro que estou excetuando aqui aqueles desfoques propositais, onde se foca um assunto e se desfoca o outro.

Contra luz

O objeto ou pessoa a ser fotografado é colocado entre a câmera e a fonte de luz, dessa forma a iluminação fica na parte de trás do individuo/elemento e não na frente, como o usual. O resultado é um fundo mais claro e lindas imagens de silhuetas. Segue um exemplo:

Foto casamento bh

Agora vamos abordar outro aspecto importantíssimo na fotografia:

Edição

Uma foto de qualidade exige uma boa edição. As fotos feitas em câmeras profissionais não saem prontas dela, necessitam ajustes normais, como melhorar as cores, contraste, brilho, textura etc. Além disso podem haver alguns efeitos indesejáveis na foto a serem tratados; não estou falando aqui de fazer uma edição onde se transforma as pessoas a ponto delas perderem sua identidade, ou ficarem com uma aparência fake.

A ideia é realçar com sutileza os pontos fortes e remover criteriosamente alguns elementos indesejáveis, dessa forma a foto terá uma aparência melhor. É também na edição que transformamos os arquivos originais RAW(também chamados de negativos digitais) em altíssima resolução em formatos mais leves como o JPEG, por exemplo, para  que o cliente possa visualizá-los em seus dispositivos eletrônicos.

Alguns profissionais se gabam de que suas fotos nunca precisam de edição; ledo engano, pois na pior das hipóteses um balanço de branco, ou um ajuste de contraste e de brilho é necessário se fazer, com pena de se entregar ao cliente arquivos com aparência pouco profissional.

Olhar apurado & Amar o que faz

Desenvolver um olhar fotográfico é saber ver as coisas ao seu redor e perceber o que pode vir a se tornar uma boa imagem. É, também, saber enxergar além do óbvio; encontrar beleza em lugares comuns  e improváveis. Muitos desses detalhes passam despercebidos pela grande maioria das pessoas.

Fotografar movido por paixão e ter prazer no que faz, são os ingredientes perfeitos para um resultado incrível e natural. A fotografia precisa revelar um pouco da alma do fotógrafo, mas isso só é possível quando nos doamos e nos dedicamos completamente no exercício do nosso trabalho.

Espero que com esse post tenha conseguido passar algumas dicas, que para mim são importantes, e ter ajudado de alguma forma.

Também tenho dicas para vocês que querem escolher uma equipe para registrar seus momentos importantes.

Muitos vão pela fama dos profissionais. De fato, esse é um quesito relevante. Mas não é o mais importante.

Para exemplificar:

Ao comprar um automóvel você pode escolher adquirir um carro bem caro; pelo seu status, ou outro carro tão bom quanto, porém de menor valor. O conforto de ambos não é tão diferente, nem seu desempenho. O principal fator que os difere é o preço. Estejam sempre atentos ao custo benefício.

Trazendo isso para a fotografia ou para qualquer outra aquisição que envolve sonhos é sempre bom perguntar: Estou pagando pelo status ou busco um trabalho que também é de qualidade, mas que pode vir a ter um custo menor? Lembre-se: muitas vezes, o preço não é um fator determinante na qualidade final do produto, muitas variáveis devem ser examinadas: Um serviço bem baratinho com certeza não priorizará qualidade nem nos equipamentos utilizados nem no material que será entregue; porém, às vezes o mais caro também não tem garantia de um bom resultado.

Por isso, analise o trabalho do fotógrafo que pretende contratar; procure se informar: Veja se quem vai cobrir seu evento é o próprio fotógrafo contratado ou se ele vai mandar free lances em seu lugar? Analise o comprometimento e a dedicação dos profissionais da equipe. Procure saber quais equipamentos serão usados na sua cobertura, e também como ficam as fotos editadas.

Conheça um pouco mais sobre o trabalho do profissional que pretende escolher e veja seu portifólio impresso, daí compare com as fotos vistas em monitores de computador e celulares que fazem com que fotos ruins se passem por fotos boas; verifique se o branco do vestido não está sem detalhes (estourado) ou mesmo com interferência de outras cores denunciando uma péssima ou nenhuma edição. Verifique se a qualidade técnica das fotografias é boa, se são fotos nítidas e bem focadas que ao serem ampliadas não perderão qualidade. Dessa forma você não será enganado e não trocará gato por lebre.

Neste artigo coloquei algumas fotografias de eventos que, durante minha jornada como fotógrafa, tive a oportunidade de capturar/registrar. Alguns trabalhos são mais antigos e outros mais recentes.

Um abraço!

Até o próximo post.

Esse é o meu blog , acesse também o meu site www.catarinasubotin.com.br

 

Uma ideia sobre “Fotografia de casamento em BH

Os comentários estão desativados.